Uma pequena área compartilhada com várias pessoas, ou apenas consigo mesmo. Impossibilitados de ir e vir livremente onde se tem vontade. Distanciados de familiares e amigos. Rotina alterada drasticamente. Esse relato parece o dia a dia de qualquer pessoa durante uma pandemia de coronavírus. Mas, na verdade, é a vida normal de astronautas que participam de missões espaciais.

      A vida de quem quer enxergar a Terra de um ângulo totalmente diferente, não é fácil. Poucos são os astronautas que tem condições e conseguem aguentar o treinamento para estarem aptos a ingressar em uma missão extraterrestre. Recentemente Nasa e a empresa comercial SpaceX lançou o foguete Falcon 9 com dois astronautas que irão permanecer durante alguns meses na Estação Espacial Internacional.

Veja no Canal do Pava o vídeo SpaceX a Grande Revelação à Humanidade.

A vida de astronauta

      Em missões extraterrestres, os astronautas chegam a ficar seis meses confinados nas estações espaciais, estruturas que possibilitam a existência de vida humana na órbita da Terra. Nessas capsulas, eles têm oxigênio para poderem respirar e alimentos especialmente desenvolvidos e bem diferentes dos que estamos acostumados, mas, ainda assim, comestíveis.

      Porém, nessas condições os astronautas ficam impossibilitados de terem sensações simples do dia a dia terreno, como por exemplo sentir o calor do sol no rosto, o cheiro da chuva, de realizar atividades cotidianas, como tomar um bom banho, ir ao supermercado. Eles também ficam distantes dos familiares e amigos, com quem só conseguem se comunicar via aparelhos eletrônicos. Além disso ele ficam confinados em grupos pequenos de pessoas, onde podem surgir conflitos, ou praticamente sozinhos.

astronauta_site

     Pesquisadores afirmam que, no espaço, além do trabalho técnico, os astronautas tem que aprender a lidar consigo mesmo e seus próprios pensamentos.  Em uma reportagem para o programa de televisão Fantástico, o astronauta da NASA Douglas Wheelock conta que, para manter o uma vida equilibrada dentro das estações espaciais é preciso realizar, todos os dias, quatro coisas:

       1 – Um trabalho

       2 – Uma atividade de lazer

       3 – Exercício físico

       4 – Desenvolvimento espiritual

      Esses aspectos parecem simples, mas não são fáceis de serem desenvolvidos e, para isso, os astronautas enfrentam longos períodos de treinamento em ambientes inóspitos, como a Antártica.

      Mas nós não precisamos ir tão longe para isso, podemos praticar diariamente em nossas casas e assim, sair desse período de quarentena mais evoluídos mental e espiritualmente, prontos para encarar os próximos desafios que a vida na Terra vai nos revelar.

Curso de Espiritualidade

4 lições dos astronautas para a vida em isolamento
Tags:                                     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *