O biofísico, William Brown, da Resonance Science Foundation, publicou um artigo, onde comprova que estarmos presentes e atentos plenamente no momento em que nos encontramos, é a melhor maneira de lidar com as doenças mais comuns do dia-a-dia. Essa técnica chama-se mindfulness (atenção plena).

Os estudos comprovam que quem pratica a atenção plena tem um entusiasmo maior pela vida, além da melhora da autoestima e na capacidade de relaxar. Imediatamente ao colocar em ação essa técnica, superar doenças graves além estresse, ansiedade e depressão, se torna mais fácil.

atenção plena

Dentro da medicina convencional, a MEDITAÇÃO, ou práticas de mindfulness,são praticas acolhidas com intuito de preservar a saúde mental e física. Muitos estudos científicos dão atenção sobre os benefícios dos cuidados com a saúde mental e física, em contrapartida a dependência dos estabelecimentos médicos que são dependentes de drogas para lidar com os problemas de saúde.

Conheça as Meditações de Cura:

MEDITAÇÕES DE CURA

O artigo ainda nos mostra estudos financiados pelo Instituto Nacional de Saúde (NIH) nos Estados Unidos, onde encontraram ligações entre a meditação mindfulness e mudanças mensuráveis nas regiões do cérebro envolvidas na memória, aprendizagem e emoção, além de que,     práticas de mindfulness podem reduzir a ansiedade e hostilidade entre a juventude citadina e levam a redução do estresse, menos quantidade de brigas e melhora nos relacionamentos.

Ao ler até aqui você pode estar pensando que em 15 minutos, todos os dias, já resolveria seus problemas. Mas os estudos nos mostram que não. A técnica deve ser praticada durante o dia inteiro, até mesmo nas atividades mais corriqueiras, aparentemente. Responder a cada situação, estando presente e atento no momento, observando como nossa mente funciona em relação às emoções e pensamentos, é o que a técnica de mindfulness nos ensina.

Segundo Wiliam Bronw, por estar consciente de seu estado, os padrões de respostas negativas que levam a um comportamento doentio podem ser reconhecidos e trazidos à plena consciência. Com esse tipo de consciência, como responder a uma situação torna-se uma escolha e não um reflexo.

Com a atenção plena (mindfulness), a ansiedade, a raiva e a depressão tornam-se, no máximo, experiências emocionais findáveis que se extenuam à medida que a consciência é trazida ao momento presente e cada situação é abordada como uma nova lição sobre si mesmo. São esses pequenos passos regulares que se somam e começam a criar uma vida mais consciente e saudável.

Tradução e adaptação: André D’avila

Fonte: https://resonance.is/the-importance-of-mindfulness/

Compartilhe!
error
A importância da atenção plena
Classificado como:                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *