O gato é um dos mais mágicos animais que existem no Planeta Terra, é uns dos que mais trabalha com a movimentação de energia. E é através desse trabalho energético que protegem a nós e a nossas casas contra espíritos e energias negativas.As energias negativas às quais nos referimos aqui são aquelas geradas pelo ego, vaidade, arrogância, ciúmes e todas outras que não contribuem para a paz e a harmonia das pessoas.

      A maioria dos gatos, quando sente uma presença espiritual dentro de casa, de pronto a segue esse espírito com a finalidade de sentir a energia e ver quais são as intenções e garantir que essa entidade não ameace o território astral da casa. E, segundo Eliphas Levi, um alquimista e ocultista francês, os gatos fazem o mesmo com as formas de pensamentos que pairam em nossa casa. 

Como os gatos equilibram as energias?

gato na parede

      Se essas energias tendem a desequilibrar o astral do ambiente, o gato faz o possível para trazer novamente o equilíbrio energético habitual. 

      A primeira tentativa é por meio de impulsos etéricos jogados pelo campo energético. De forma similar a demarcar território com a urina. Eles demarcam território energético. Podendo assim ficarem até arrepiados. 

      Se não for suficiente, o gato tenta isolar a entidade, ou se não for possível, absorve algumas formas pensamento mais densas no seu próprio campo energético e leva pra fora de casa para transmutar e despejar essa energia na natureza. Por essa razão é indicado que os gatos possam ter liberdade para sair e voltar a hora que desejarem, claro que em um ambiente em que eles não corram riscos. E esse comportamento independente e livre uma das características que mais encantam os admiradores dos gatos.

      Quando tudo isso ainda não for o suficiente, ou a energia for muito densa, os gatos podem absorver toda a energia para si, podendo, na maioria das vezes, servir como alimento, mas, em um extremo, causar uma doença mais severa no felino com o intuito de dar uma resolução e um direcionamento àquelas forças densas. Tudo isso para que o astral da casa onde eles vivem permaneça em equilíbrio.

Os gatos e as bruxas 

gato na folhagem

      Em razão dessa capacidade que os gatos possuem,  principalmente os pretos e os brancos, que eles sempre foram associados às bruxas. Elas tinham conhecimento de todas essas dinâmicas energéticas que os gatos são responsáveis por realizar. Nos momentos que os alquimistas, bruxos e bruxas iam realizar seus encontros mediúnicos eles gostavam que os gatos ficassem próximos dos trabalhos, pois quando o campo e os portais interdimensionais são abertos, não se tem muita certeza do que irá se manifestar, ainda que as intenções deles fossem o contato com espírito de sabedoria. Mas no caso de se manifestar alguma entidade muito ignorante e trevosa, o trabalho sutil que o gato produzia, ajudava no processo de encerrar aquela comunicação. 

Um ronronar contra doenças emocionais e físicas

gato com abacaxi

      A campo áurico do gato é tão grande e forte que inclui não apenas ele próprio, mas também a casa de sua família e o território em que ele está morando. 

      Quando um gato se esfrega contra as nossas pernas, não é apenas comida que ele está tentando conseguir, mas também significa que o gato está compartilhando elementos da sua aura e da sua magia conosco, é uma espécie troca astral.  Se nesse momento empurrarmos ele para longe como quem diz “Sai daqui” estaremos bloqueando essa dinâmica energética positiva que o gato estava tentando dar.

      Em um nível menos sutil, mas pelo mesmo fundamento, ter gatos em casa auxilia nas proteções contra o mau olhado, ou o chamado olho gordo. Que são as invejas, as maldições ou formas negativas de pensamentos que possam ter sido jogadas contra nós ou alguém que reside na nossa casa. 

      Existem diversos estudos que demonstram o quanto a terapia com os animais auxilia na recuperação psíquica e física dos pacientes que se submetem a esse tipo de tratamento. Tanto é verdade que os felinos podem auxiliar na remoção de sintomas e distúrbios emocionais como a ansiedade, ou mentais como o estresse e até mesmo de algumas dores físicas. É comum que quando estamos com alguma dor de estômago, por exemplo,  os gatinhos deitem sobre a nossa barriga. Uma vez que eles se alimentam dessas energias e esse é o Dharma dos bichanos, ou seja seu propósito no universo.

Vai conversar com alguém difícil? Que tal segurar um gatinho?

gato coração

      Os gatos são os únicos animais que conseguem absorver e se alimentar das sete faixas de energia, que são as sete faixas do Prana. Isso quer dizer que se ele absorver todas essas energias não será  algo ruim pra ele, porque todo o trabalho que ele desenvolve com essas energias são fonte de vida e de nutrição para os gatinhos.

      Uma última dica é para quando precisamos conversar com alguém que sabemos  que é bastante carregado energeticamente, podemos, como mecanismo de proteção, dialogar com a pessoa com o gato no colo, ou acariciando o pescoço do gatinho, bem tranquilo. Isso nos ajuda a sairmos bem daquele encontro, pois o gatinho se compromete em absorver e trabalhar com as cargas mais pesadas. 

gato no universo

      Alguma dúvida de que amamos os gatinhos? 

      Os conteúdos deste vídeo foram retirados, de observações pessoais e de autores como Paracelso, Ramatís e Eliphas Levi. 

GATOS PROTETORES ESPIRITUAIS HUMANOS1

 

link para curso de astrologia
Faça o Curso de Astrologia
Compartilhe!
Gatos protegem contra energias negativas?
Classificado como:                            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *