O Congresso Nacional hoje é dirigido por políticos que outrora já passaram pela Terra, desempenhando diferentes papéis. Alguns tomados por interesses duvidosos e outros, por interesses nobres. O médium Bezerra de Menezes, em um dos seus livros psicografados, fez um panorama dos políticos que dirigem a nação brasileira. Abaixo, um compilado dessas informações.

Dirigentes espirituais do Brasil 1

A intenção dos projetistas do Congresso Nacional, na capital federal, que realizaram uma obra arquitetônica semelhante a dois pratos, Foi simbolizar o poder do povo, com um prato virado para cima, onde fica a Câmara dos Deputados, e a igualdade dos Estados, com o prato virado para baixo, casa do Senado Federal. 

Entretanto tal simbolismo se adaptaria perfeitamente à ideia da ação dos planos superiores da luz e a influência negativa dos níveis inferiores. Poderia perfeitamente representar o esforço dos espíritos dirigentes da nação, que vamos conhecer hoje, contrastando com as forças negativas que orquestraram o submundo umbralino, para atuarem sobre os representantes do povo. Afinal, ali se decide o destino de todos os brasileiros.

brasiliaNiemeyer

As forças que influenciam os políticos 

Neste contexto, forças trevosas, desencarnados sem moral, contam com as ambições generalizadas, da maioria dos eleitos como canal para atuar. A influência do umbral encontra ressonância nos políticos que estão em defesa dos interesses de grupos econômicos poderosos, também nos que buscam a manutenção dos privilégios e zonas de influência, nas criações de carreiras políticas e nas pessoas sem qualificação, mas fiéis aos ditames estabelecidos.

Ao lado deste grupo amplo e predominante, encontra-se pequeno núcleo de homens e mulheres, funcionários e agentes públicos fiéis à consciência, capacitados e agindo verdadeiramente em nome da coletividade. Representantes que não aceitaram vender a própria consciência pelo toma-lá-dá-cá político. 

brasilia

Quais bons espíritos estão reencarnados?

Estes servem como referência, esperança e ressonância com os espíritos superiores. E entre estas pessoas encarnadas de bem, atuantes no Congresso, estão os espíritos dirigentes da nação. São estes grandes idealistas que estiveram ligados ao passado da coroa portuguêsa. Encontra-se entre os líderes encarnados, almas como Dom Pedro I, Dom Pedro II, Tiradentes, Getúlio Vargas, José bonifácio, Rio Branco, Getúlio Vargas, Castro Alves, Rui Barbosa. Membros da inconfidência mineira, religiosos, artistas e governantes que ainda seguem lutando pela coletividade. Pois a vida e nossos projetos não terminam na morte do corpo. Todos dedicados à evolução não apenas das riquezas materiais, mas  à eclosão de valores mais nobres na sociedade. Ampliação de programas de educação da juventude e tudo que venha garantir a paz e a fraternidade.

Devemos lembrar que nós elegemos esses homens e mulheres para serem nossos representantes na Câmara de Deputados e no Senado Federal e essas escolhas se refletem em todos os brasileiros. Nossa raiva e indignação para com os governantes gera mais uma nuvem que paira sobre o Congresso. Reforçando a psicosfera densa daquele lugar. Nossos governantes são as pessoas mais obsediados do Brasil. E nós, muitas vezes somos um destes obsessores. Eles são os que mais necessitam de nossas orações, de nossas boas emanações. 

Curso Expansivo Banner 468 x 60

É enviando o bem, que poderemos esperar ele de volta. Vamos claro exigir os nossos direitos, mas com consciência, união e transformando a nossa conduta. Até que os dirigentes interesseiros, percam ressonância com o povo brasileiro.

Os dirigentes espirituais assistem tudo que se passa nas decisões políticas muito de perto. Garantem que só seja colhido o que foi plantado pelo povo em geral. A situação está como está porque o povo que aqui escolheu habitar, tem um carma coletivo a quitar. E a quitar um pouco mais rápido porque o Brasil será o celeiro da Nova Terra. Como sabemos o mal está à serviço do bem. Estes dirigentes nos garantem que tudo está certo.

 

Compartilhe!
Os espíritos que dirigem o Brasil
Classificado como:                            

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *