Somos Tudo Não Sendo Ninguém

A vida mostra que todo o extremo não é o melhor. Compreendo que as coisas só podem ser o que são. É importante a moderação, ela parece o espírito evoluído interferindo na situação. Neste universo polarizado e dual os extremos se encostam e o poder esta no centro. No equilíbrio!

Comodismo tem seu preço. O avanço na vida também.

Preguiça é cara . O esforço excessivo também

Falar de mais tem seu preço. Não falar também

Se envolver demais é um preço caro a ausência também

Querer ajudar muito é perigoso. Não querer ajudar também

Amar em desequilíbrio faz sofrer. Odiar também

Se apegar as pessoas machuca ser indiferente também

Fugir das pessoas te isola procurá las demais também

Querer demais te machuca. Não querer nada também

Angustiar-se com o passado te faz sofrer anunciar o futuro também

Ser antigo te atrasa, ser muito moderno também

Tudo se passa como se todo o extremo não fosse o melhor.

O importante é vocÊ moderar

Compreender que cada coisa pode ser apenas o que pode ser

Que nem um extremo é edificante

E que a moderação é o espírito desenvolvido interferindo na situação.

Assim não somos ninguém. Ser ninguém é muito reconfortador.

Liberto é aquele que nada foi e nada pretende ser.

Assim a vida é um instante constante

Um eterno amanhecer.

Seja sempre novo e contemporâneo.

O Novo é sinal de liberdade.

Que estamos fora de toda a mediocridade

Nesta forma equilibrada e livre de ser

Podemos nos sentir dissolvidos sem sermos deteriorados

Sem nos perdermos no grande sem a consciência do pequeno.

De sermos individuo sendo todos ao mesmo tempo

É elevar se acima das coisas sem perder as coisas

Este é o segredo da felicidade

Viver no pequeno com o grande e não tentar ser grande se tornando pequeno

A simplicidade de se dissolver nos deixa leve.

Dissolva Se nesta imensidão.

Porque o eterno te espera.

Faça de cada momento um momento novo.

DÊ O PLAY PARA ASSISTIR ►

 

Compartilhe!

Tags: , , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *