Novas descobertas feitas no campo da ciência foram feitas. O físico Nassim Haramein explica que não há provas e nem como provar cientificamente a existência do Big Bang. Assim ele nos trás uma nova ideia, uma nova proposta em relação a origem do nosso universo.

Nassim afirma que tem medo que o mundo tenha feito uma interpretação errônea em relação a teoria do Big Bang, devido ao fato de o universo ser um estado de constante mudança e de repente surgiu na existência. Não se pode negar que esta teoria foi um grande avanço na evolução da cosmologia e cosmo gênese. O físico diz que não há condição de certeza de que o Big Bang aconteceu, ou seja, não há comprovação certeira de que o evento aconteceu.

Quando olhamos para as estrelas, estamos olhando para o “passado” no tempo, isto se deve ao fato do longo tempo em que a luz leva para chegar a nós. A luz que partiu a alguns bilhões de anos luz, leva outros bilhões de anos para chegar até nós. Então se pensarmos em olhar para o passado, estaremos olhando de volta ao inicio do tempo, ao inicio do universo.

Nassim Haramein afirma ainda que o universo expande constantemente, e há evidências de que isto ocorre. Porém não existe a possibilidade de saber onde tudo começou dentro do universo, pode-se chegar muito, muito perto disto, porém chega um ponto em que está além do que possamos medir, é uma singularidade, um ponto de infinita densidade. Nassim exemplifica todo o universo como um ponto, dentro de um ponto bilhões de vezes menor que o átomo. Isto é chamado na ciência como comprimento de planck, um ponto muito pequeno.

De acordo com a teoria do Big Bang, tudo saiu deste ponto, mas não se pode desenvolver a física corretamente nesta singularidade, porque o infinito todo está envolvido, só podemos escrever uma física próxima disto.

Conheça o Curso de Astrologia.

O Grande Colisor de Hádrons na Suíça é parte dos experimentos criados a fim de reproduzir as condições que haviam no princípio do universo, para que se entendesse melhor o processo.

A diferença entre o modelo clássico do Big Bang, que está sendo muito debatido atualmente, da teoria do Nassim Haramein, é que o físico afirma que o universo está constantemente “surgindo”, está em todo o lugar. Isto significa que o universo está em constante criação, como se fossem bolhas dentro de bolhas, que são universos ainda maiores. E tudo isto é um universo com menores bolhas até chegar na singularidade, em cada um destes universos. As bolhas de singularidade são como pixels que formam este universo, você ve o pixel como uma espécie de universo fractal.

O Grande Colisionador de Hadrões (LHC)

Nassim Haramein nos faz imaginar uma bolha, muito pequena, em um universo do tamanho de um próton, onde o núcleo de um átomo em nosso universo seria a bolha, que quando “estoura”, se torna a bolha do nosso universo.

Quando há essa expansão da “bolha”, o universo entra em outra densidade, a densidade do universo maior em que ele se encontra agora, transformando assim, quando as densidades se equiparam, em um universo maior.

Poderiam se perguntar, o nosso universo está expandindo? Para responder essa questão, teriam que olhar de volta no tempo, e retroceder até o momento em que era uma pequena bolha próton.

Para finalizar, Nassim afirma que há uma grande chance de o Big Bang nunca ter ocorrido, pelo menos não da maneira e contexto que se descreve na teoria clássica.

Adaptação: André D’avila

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=aXZqS6ZOT2Y

Compartilhe!
error
Nova Teoria Sobre a Origem do Universo- Nassim Haramein
Classificado como:                                    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *