No plano físico da terra, se faz necessária a reflexão sobre uma importante questão que a maioria das pessoas já fez, ou irá fazer em determinado momento da vida: Como posso ser uma pessoa melhor? Diante de diversas situações que nos colocamos dia-a-dia, é importante matutar até que ponto meus bens materiais me tornam ou não alguém melhor para minha evolução espiritual.
O materialismo exacerbado cria nas pessoas uma identificação com a sua personalidade, devido a cultura que a nossa sociedade impõe nos dias atuais. A busca pelo conforto e pela estabilidade, seja profissional ou principalmente financeira, gera uma pausa no desenvolvimento da nossa evolução diária. Muitas vezes ter um bom salário, o carro do ano, as roupas da moda, saciam a nossa vontade de melhorar, pois já temos tudo o que queríamos, pra que mais. Será?

 

Veja a Diferença de Alma, Mente e Personalidade.

Quem nunca parou para pensar, por pelo menos cinco minutos, estou fazendo o que deveria da minha vida, ou ainda, tenho tudo o que preciso e faço tudo o que posso? O amadurecimento espiritual exige um contraste, um confronto, entre permanecer na zona de conforto e ir ao encontro de novos desafios. A fim de alavancar o verdadeiro potencial que existe em cada um de nós, devemos seguir, o que os adeptos do espiritualismo chamam de altruísmo. A alteração de conduta se faz necessária tendo como proposição de que os verdadeiros valores não são os matérias, mas sim os éticos, com suporte na busca constante pelo conhecimento e amadurecimento.

Curso Meditações de Cura hotmart
Conheça as Meditações de Cura.

Isso não significa que devemos deixar de lado todo o conforto que o mundo material pode nos proporcionar. Se alinhar com o universo exige mudanças e transformações, para isso precisamos estar atentos aos elementos que permeiam a nossa vida para que nos tornemos merecedores de uma mudança espiritual e principalmente energética. Consciência e auto-observação são a chave para sair do estado inerte que o conforto nos faz ingressar.

Por André D’avila.

21/02/2019

Assista ao vídeo:

Zona de Conforto VS Evolução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *